Os novos investimentos de R$ 1,1 bilhão para o Complexo Ayrton Senna, no Paraná, serão voltados para a renovação de veículos da gama atual e um motor turbo. Serão cinco novidades até a metade de 2022. O anúncio foi feito em Curitiba, no Palácio do Governo, com a presença do governador do Estado do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, e do presidente da Renault do Brasil, Ricardo Gondo.

Também serão lançados dois veículos elétricos no mesmo período. “Mesmo num cenário de muitos desafios fico feliz em poder anunciar que seguimos investindo na atualização dos nossos produtos no Brasil”, destaca Ricardo Gondo.

Essa renovação a que se refere Gondo em nossa avaliação deve começar pela linha Sandero estreando aqui na região a nova plataforma modular CMF-B (clique aqui), a mesma utilizada no novo Clio Europeu. Com a nova plataforma a Renault dará início ao compartilhamento de plataforma, motores e design com a japonesa Nissan, pertencente ao grupo Renault.

Com a estreia dos novos modelos Sandero, prevista para o final do segundo semestre de 2021, a Renault Brasil tenta dar resposta ao CEO Luca De Meo, que há duas semanas cobrou melhores resultados da marca brasileira.

E a Renault brasileira para justificar os novos investimentos cita que o (CAS) Complexo Ayrton Senna conquistou 19 reconhecimentos por parte do mercado, como por exemplo, o Fórum Econômico Mundial que reconheceu o (CAS) pelas inovações relativas à indústria 4.0. O Complexo Ayrton Senna é a primeira planta industrial da América Latina a receber este reconhecimento.

Luiz Fernando Pedrucci, presidente da Renault para a América Latina disse: “O mercado brasileiro continua sendo estratégico para o Grupo Renault. A aprovação de um novo ciclo de investimentos para futuros projetos depende da melhoria da competitividade.

” Já para os elétricos é possível que o Kiger elétrico (SUV do Kwid), que compartilhará a plataforma modular CMF-B, pode ser o primeiro elétrico a estrear por aqui (clique aqui), seguido do também elétrico Kangoo Z.E.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close