Depois de muitas dúvidas sobre a possibilidade de São Paulo estar fora do calendário da Fórmula 1 em favor do Rio de janeiro no complexo esportivo de Deodoro, na manhã desta terça-feira (10/11), a Fórmula 1 revelou o calendário para a temporada de 2021, com 23 Grandes Prêmios na programação para o próximo ano, e o autódromo de Interlagos, em São Paulo, está na lista. Como as obras cariocas sequer saíram do papel, a Liberty, que ao final da temporada será presidida pelo italiano Stefano Domenicali, ex-Ferrari, está proxima de anúnciar a prova brasileira até 2026 e para o ano que vem Interlagos (SP) está garantido.

Mural Senna em Interlagos

A temporada começará na Austrália em meados de março e terminará em Abu Dhabi no início de dezembro. A corrida em Interlagos, onde o nosso Ayrton Senna fez história vencendo a prova de 1991 com a McLaren só com a sexta marcha, está marcada provisoriamente para 14 de novembro de 2021. Chase Carey, atual presidente e CEO da Fórmula 1 disse: “Temos o prazer de anunciar o calendário provisório da Fórmula 1 de 2021, após extensas conversas com nossos promotores, as equipes e a FIA. Estamos planejando para 2021 eventos com torcedores que proporcionam uma experiência próxima do normal e que esperam que nossos acordos sejam honrados”.

“Provamos que podemos viajar e operar nossas corridas com segurança e nossos promotores reconhecem cada vez mais a necessidade de avançar e gerenciar o vírus. Na verdade, muitos anfitriões querem usar nosso evento como uma plataforma para mostrar ao mundo que eles estão avançando”, disse. “Os planos para 2021 envolveram um amplo diálogo com todos os promotores e suas autoridades locais e nacionais em um momento de fluidez contínua relacionada à pandemia global. A Fórmula 1 e a FIA implementaram medidas robustas de saúde e segurança para permitir que a temporada de 2020 revisada reinicie e funcione com eficácia”, completou o dirigente da Liberty.

Em tom de despedida, Carey, que deixará a liderança da Liberty ao final desta temporada, agradeceu os parceiros: “Queremos agradecer a todos os nossos promotores e parceiros por seu entusiasmo e colaboração contínuos e estamos ansiosos para oferecer aos nossos fãs uma temporada emocionante na pista”. Confira abaixo o calendário completo. Vale ressaltar que pela primeira vez na história, a Fórmula 1 terá quatro etapas no mês de outubro.

21 de março – Austrália (Melbourne)
28 de março – Bahrain (Sakhir)
11 de abril – China (Xangai)
25 de abril – TBC (TBC)
9 de maio – Espanha (Barcelona) *
23 de maio – Mônaco (Mônaco)
6 de junho – Azerbaijão (Baku)
13 de junho – Canadá (Montreal)
27 de junho – França (Le Castellet)
4 de julho – Áustria (Spielberg)
18 de julho – Reino Unido (Silverstone)
1 de agosto – Hungria (Budapeste)
29 de agosto – Bélgica (Spa)
5 de setembro – Holanda (Zandvoort)
12 de setembro – Itália (Monza)
26 de setembro – Rússia (Sochi)
3 de outubro – Cingapura (Cingapura)
10 de outubro – Japão (Suzuka)
24 de outubro – EUA (Austin)
31 de outubro – México (Cidade do México)
14 de novembro – Brasil (São Paulo)
28 de novembro – Arábia Saudita (Jeddah)
5 de dezembro – Abu Dhabi (Abu Dhabi)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close