O treino classificatório deste sábado (24/10) para o GP de Portugal foi atrasado em meia hora para uma situação inusitada, onde os fiscais tiveram de arrumar a grelha do bueiro de escoamento de água na curva 14, solto pela passagem da Ferrari 5 do alemão Sebastian Vettel.

Mas nada que mudasse o resultado final do treino, já que na hora “H”, Lewis Hamilton sempre tira coelho da cartola para superar o companheiro Valtteri Bottas. Desta vez conquistou sua 97ª pole da carreira e entrou para a história como o primeiro piloto a conquistar a 1ª pole na F1 no circuito português de Portimão, no Algarve.

Na coletiva, o britânico Hamilton, aliviado disse: “Vocês não sabem o que foi difícil, tive que tentar por três vezes para encontrar o melhor caminho”. “Ele foi o mais rápido durante todo o fim de semana, durante todos os treinos e até mesmo em parte desta sessão”, “Então, eu não sabia se iria ou não conseguir uma volta que pudesse competir com a dele. Eu estava sempre abaixo por um décimo, meio décimo, seja o que for, mas a última decisão que tomei no final é o que eu acho que realmente criou a oportunidade. Graças a Deus deu tudo certo”. O companheiro Bottas, o mais rápido nos três treinos livres e nas duas primeiras partes do classificatório e com o melhor tempo, confiante, optou por uma só volta lançada com os pneus médios, faltando menos de 20 segundos para o encerramento, certamente tinha como certo a conquista da pole em Portugal. “Achei que dava, mas não foi desta vez!”, disse na coletiva, um Bottas bem abatido.

Na equação o finlandês esqueceu de acrescentar o imbatível Hamilton. Em terceiro, mais uma vez nesta temporada, ficou o holandês Max Verstappen que tirando da conta, o Hamilton e as Mercedes, seria líder do campeonato. Lá pelos lados da Ferrari o sábado foi muito bom. Apesar do atraso no treino provocado pela Ferrari de Sebastian Vettel que arrancou a grelha de escoamento de água e ter ficado com o modestíssimo 15º tempo, Mattia Binotto, chefe do time de Maranello vai dormir tranquilo pela ótima quarta posição no grid deste domingo conquistada pelo novato e promissor, o monegasco Charles Leclec.

A curiosidade deste treino foi a classificação do inglês George Russel, com a modestíssima Williams, que chegou a Portugal com seu nome muito comentado para ficar fora da equipe em 2021. Em resposta, Russel além de mais uma vez colocar o carro do time no Q2, ficou a frente do tetra campeão Sebastian Vettel, com a Ferrari, em 14º.

Já o companheiro Nicholas Latifi foi o último do grid, em vigésimo. A largada para a corrida está prevista para ás 10hs e 10 minutos, horário de Brasília, deste domingo (25/10), com transmissão direta pela TV Globo. Confira a classificação completa e os tempos.

Grid de largada

  1. Lewis Hamilton, Mercedes, 1min16seg652
  2. Valtteri Bottas, Mercedes, 1min16seg754
  3. Max Verstappen, RBR, 1min16seg904
  4. Charles Leclerc, Ferrari, 1min17seg090
  5. Sergio Perez, Racing Point, 1min17seg223
  6. Alexander Albon, RBR, 1min17seg437
  7. Carlos Sainz Jr. McLaren, 1min17seg520
  8. Lando Norris, McLaren, 1min17seg525
  9. Pierre Gasly, AlphaTauri, 1min17seg803
  10. Daniel Ricciardo, Renault, —
  11. Esteban Ocon, Renault, 1min17seg614
  12. Lance Stroll, Racing Point, 1min17seg626
  13. Daniil Kvyat, AlphaTauri, 1min17seg728
  14. George Russell, Williams, 1min17seg788
  15. Sebastian Vettel, Ferrari, 1min17seg919
  16. Kimi Raikkonen, Alfa Romeo, 1min18seg201
  17. Antonio Giovinazzi, Alfa Romeo, 1min18seg323
  18. Romain Grosjean, Haas, 1min18seg364
  19. Kevin Magnussen, Haas, 1min18seg508
  20. Nicholas Latifi, Williams, 1min18seg777

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close