Depois de muito tempo, os MPVs compactos da Renault e Citroën têm a continuidade de produção colocada em xeque. Para piorar, dizem que a chegada de um sucessor desses modelos das duas montadoras parece improvável.

Em entrevista a Autocar, Vincent Cobée, o novo chefe da Chevrons, desanimado com as vendas em baixa do C4, diz que a marca “continuará a vender o C4 Spacetourer o maior tempo possível. Continuaremos a melhorar o modelo atual”, mas para a próxima geração, Cobée coloca dúvidas? “Precisamos saber qual será a próxima grande novidade”, diz.

Se a perspectiva de renovação não for totalmente descartada, ela ainda está longe de ser confirmada, claramente não estará no horizonte na forma atual de transportar pessoas de maneira “clássica”. Segundo reportagem da revista francesa L’Automobile (foto de abre), o Scenic, o eterno rival e o verdadeiro criador da tendência, já tentou se reinventar em 2016, colocando o dinamismo das linhas diante dos aspectos práticos. Infelizmente, mesmo que domine claramente seu concorrente na França, é impossível falar de sucesso real: no ano passado, no país, encontrou apenas 35.823 compradores, em comparação com 18.465 para o Spacetourer C4 .

Modelos Renault em risco de desaparecer para reduzir portfólio e se concentrar em SUVs e prejuízos, onde o rombo é a grande dificuldade para alguns modelos continuarem, isso depende muito de SUVs, como Kadjar 2 que promete ser muito mais ambicioso que seu antecessor e que deve ter um derivado de sete lugares.

Este último também será fabricado no norte da França, em Douai, a fábrica que monta o Scenic hoje. Quanto a Espace, o irmão maior e mais velho do Scenic, as projeções caminham para o mesmo destino, já que ele é fabricado no mesmo local. As informações prometem o mesmo destino fatal para o sedan Talismã.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close