Ford Territory 2020

Dois anos depois de ser protagonista na mostra da Ford durante o Salão do Automóvel de São Paulo em 2018, o Ford Territory enfim recebeu data para estrear no Brasil. Em podcast do Presidente da Ford América do Sul e Grupo de Mercados Internacionais, Lyle Watters, o modelo importado da China e que terá como concorrente de peso o Jeep Compass, chegará às concessionárias da Ford no país em setembro próximo. A pré-venda está prevista para o dia 7 de agosto.

Na entrevista, Lyle Watters fala sobre a importância desse lançamento e da tradição que a Ford tem no segmento de SUVs em todo o mundo: “Somente no ano passado, nós vendemos cerca de 1,5 milhão de SUVs globalmente. É uma linha com 15 modelos de sucesso – desde o EcoSport ao Lincoln Navigator – incluindo os novos Bronco e Bronco Sport, que acabam de ser revelados globalmente, e o Mustang Mach-E, que chega em breve ao mercado mundial”.

O executivo destacou também o pioneirismo do EcoSport, que foi desenvolvido no Brasil e alcançou mais de 100 mercados mundiais, e a presença do Edge ST, SUV grande esportivo. “Identificamos que havia uma oportunidade de expandir a nossa linha com o Territory, posicionado numa faixa de preço entre esses dois modelos”, disse o executivo.

No podcast, a Ford destaca que irá trabalhar com o Territory em três pilares: espaço, tecnologia e conectividade. Uma seção do site da marca dedicada ao modelo já adianta alguns dos equipamentos, como a central multimídia de 10,1” e o painel de instrumentos digital de 10,25”, além do carregador de celular por indução. Caso siga o que é oferecido na China, deve contar com câmera 360°, conexão sem fio para Apple CarPlay e teto solar panorâmico, entre outros itens.

A motorização não foi revelada, mas especula-se que a engenharia optou pelo motor 1.5 turbo de quatro cilindros com 150 cv e 22,9 kgfm, combinado com uma transmissão automática CVT.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close